Rádio Buscar

Influencer que foi presa com cartão clonado diz que foi vítima de golpe

Cb image default
Divulgação

A estudante de direito e influenciadora digital Ingrid Caroline Borges Gonçalves, de 20 anos, que foi presa no Rio na segunda-feira (24) ao tentar usar um cartão clonado - , manifestou-se no final da tarde desta terça-feira (25) por meio de nota enviada por seu advogado.

Lucas França Bressanin, que representa Ingrid, informou que sua cliente foi vítima de um golpe e que vem colaborando com as autoridades para solucionar o crime.

“Em meados de julho de 2021, a influencer foi abordada través da mídia social Instagram pelo IG @grupo.maisx onde, na oportunidade, o interlocutor se apresentou como uma agencia de viagens e propôs uma parceria para divulgação da respectiva empresa onde, em troca, a influencer receberia passagens e hospedagens gratuitas e/ou descontos”, diz trecho do documento enviado pelo advogado.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.