AL maio
Tecnologia

IBBX capta R$ 8 milhões via edital da FINEP com apoio da Indicator e Atitude

Parceiros atuaram tanto na aplicação do programa Building Value Together® como no entendimento e estruturação do projeto

25/03/2024 19h18
Por: Redação RIMSnews
Fonte: Agência Dino

A IBBX, startup 100% brasileira nascida em Capivari (SP), concluiu o processo de captação de R$ 8 milhões a fundo perdido via edital de subvenção econômica da FINEP, agência pública que financia e incentiva projetos de inovação no país. A iniciativa teve o apoio da Atitude Inovação, empresa participante do programa Building Value Together® da Indicator Capital - gestora early-stage de venture capital que investe na IBBX por meio de seu fundo 2 IoT.

Continua após a publicidade

Os editais de subvenção econômica da FINEP possuem critérios de elegibilidade específicos, nos quais a IBBX atendeu a todos os quesitos. Por exemplo, o projeto de inovação que serve como referência no processo contempla um descritivo detalhado e alto nível de inovação. A empresa destaca que tem expertise técnica para desenvolver o projeto, bem como condições de fabricar e comercializar os produtos.

A Indicator Capital e a Atitude Inovação atuaram ao longo de todo o processo, auxiliando a IBBX na captação desse recurso. A gestora foi responsável pela aproximação entre o time da startup e da Atitude Inovação, aplicando seu programa de construção de valor Building Value Together®, em andamento desde o primeiro aporte em junho de 2022. Já a Atitude, empresa que trabalha com a captação de recursos e fomento à inovação, foi responsável por toda a estruturação do projeto, organização dos materiais e aplicação para o edital.

Eline Casasola, fundadora e CEO da Atitude, comenta: “Iniciamos esse projeto com a IBBX há praticamente um ano, junto com o time de desenvolvimento da startup. Todo o trabalho foi feito de forma conjunta, a quatro mãos. Inclusive, participando de eventos na FINEP para viabilizar o processo e entender as necessidades do edital. O nível de detalhe exigiu uma participação bem efetiva de ambas as partes, o que colaborou muito para obtermos sucesso”.

O CFO da IBBX, Bruno Rocha, reforça a participação dos parceiros durante a aplicação: “este não é um processo trivial. Realmente, você precisa de empresas que entendam os detalhes, as etapas. E, o mais importante, que consigam colocar toda a inovação e tecnologia disruptiva aplicada em uma linguagem simples e clara dentro do escopo do edital. Ou seja, traduzir essa complexidade de forma que o avaliador possa entender. E esse papel essencial foi desempenhado com excelência pela Atitude”.

Para ele, o programa Building Value Together® é muito importante uma vez que, como investidora, a Indicator Capital entende as dores da startup e possui a rede de conexão pronta e eficiente para ajudar no desafio. “É muito diferente quando somos inseridos em um ecossistema do fundo. O BVT ajuda a encontrar esses especialistas e criar o ambiente correto para destravar a agenda das startups. No nosso caso, com o edital”, completa Rocha.

IBBX em pleno crescimento com tecnologia disruptiva

Combinando a tecnologia disruptiva que ‘captura a energia perdida no ar’ com a experiência dos sócios e do time técnico, a IBBX obteve resultados como, por exemplo, retorno sobre o investimento de 350% a 600% a seus clientes, mantendo a disponibilidade na planta em 100%.

A captura de energia do ambiente é feita no formato de sinais eletromagnéticos de baixa frequência. Dessa forma, é possível conectar, utilizar e esquecer um sensor conectado, conceito inovador chamado de Plug, Play and Forget. O Energy Harvesting, como é denominada, permite a transmissão da energia e dos dados em alta velocidade a longa distância.

Com o seu protocolo proprietário de comunicação, a IBBX consegue trafegar os dados a longas distâncias por meio de ondas eletromagnéticas de baixa frequência, ideal para ambientes industriais, caracterizados por alta interferência eletromagnética, áreas extensas e baixa conectividade. Quanto à energia, a tecnologia da IBBX transpõe barreiras maiores, já que as opções disponíveis hoje são pilhas e baterias, que necessitam ser trocadas periodicamente.

 

Sobre a Indicator Capital

Fundada em 2014, a Indicator Capital é uma gestora brasileira de venture capital, com operação em São Paulo e no Vale do Silício. A sociedade formada por Derek Lundgren Bittar, Fabio Iunis de Paula e Thomas Lundgren Bittar promove a convergência entre o sonho do empreendedor e o retorno financeiro para o investidor, tropicalizando as melhores práticas norte-americanas para startups nacionais. Com mais de R$ 370 milhões sob gestão, a Indicator Capital é a maior gestora early-stage de venture capital da América Latina especializada em Internet das Coisas (IoT) e deep tech. Em seus investimentos, seus sócios aplicam a metodologia proprietária de construção de valor Building Value Together® e atuam como “investidores para o bem”, conceito reforçado pela certificação de empresa do sistema B™.

 

Sobre a IBBX

A IBBX é uma startup brasileira, focada no desenvolvimento de tecnologia de energia sem fio. A empresa desenvolveu e depositou patentes de sua solução de tecnologia proprietária, fornecendo energia elétrica a partir de ondas eletromagnéticas, apta a carregar dispositivos fixos e móveis, como câmeras de segurança, smartphones, controles remotos e dispositivos IoT, inclusive os utilizados para monitoramento industrial. Embora existam outras empresas ao redor do mundo trabalhando neste conceito, a tecnologia IBBX se destaca em poder, alcance e mobilidade.

 

Informações para a imprensa:

ADS Comunicação Corporativa

Marcelo Domingues – tel. 11 9.9165-9076 / [email protected]

Meire Nery – tel. 11 9.9103-7527 / [email protected]

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários